quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Boas festas!!

Já viu o iPhone mais caro do mundo?


Um iPhone que vale ouro - literalmente
Se você acha os preços do iPhone no Brasil uma fortuna, reveja seus conceitos. Um designer britânico criou um iPhone cheio de ouro e diamantes que custa US$3,2 milhões, pouco mais que um aparelho pré-pago da Vivo. O iPhone 3GS Supreme leva (por enquanto) o título de mais caro do mundo. Em reais, isso daria algo em torno de 5,54 milhões.
Katherine Hughes, de Liverpool, levou dez meses para encarecer personalizar este aparelho. O iPhone Supreme usa 271 gramas de ouro maciço e 176 pedras de diamantes, o que totaliza uma peça de 68 quilates. E não é só isso: o logo da Apple na parte traseira foi cravejado com mais 5 diamantes (mais um quilate) e o botão de navegação na frente do aparelho foi feito de um único diamante (muito raro, segundo Hughes) de 7,1 quilates.
A carcaça do aparelho foi feito de granito e ouro, forrado com couro selecionado. Se a madame gostar, deve preparar-se para carregar mais 7 Kg em sua bolsa – este é o peso do aparelho.
O iPhone 3GS Supreme desbancou o iPhone 3G Kings Button, que era considerado o mais caro do mundo. O Kings Button, criado pelo australiano Peter Aloisson, custa “apenas” US$2,5 milhões. Com a redução do dólar, já está quase acessível a nós, brasileiros…

Como bloquear e desbloquear as portas usb no computador


Esse artigo é uma tradução livre e autorizada do artigo How-to: Disable and re-enable USB storage devices, publicado no site Technofriends. O objetivo dessa tradução é auxiliar nossos leitores que não possuem conhecimento em inglês a ter acesso a dicas e textos úteis desse site.
A motivação para escrever este artigo veio quando, no fim de semana, eu tive a chance de conhecer alguns amigos ao trabalhar com uma gigante de TI aqui em Bangalore. Depois de uma xícara de café e discussões de costume, um deles apontou que eles têm uma situação interessante em seu escritório, onde a equipe de TI desativou o acesso à porta USB deixando seus iPods, cames Número, memórias USB inúteis no ambiente de trabalho.
Conforme o artigo da Base de Conhecimento Microsoft 823732, que contém instruções sobre como desabilitar o acesso as portas USB para um determinado grupo de usuários. A habilitação e desabilitação de portas USB é baseada em uma entrada de registo simples.
Para desabilitar o acesso a porta USB, no Windows XP e 2000, siga os passos abaixo
1. 1. Clique em Iniciar, e em seguida, clique em Executar.
2. 2. Na caixa Abrir, escreva regedit e clique em OK.
3. 3. Localize e clique na seguinte chave do registro:
HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\Services\USBSTOR
4. 4. No painel da direita, dê um duplo clique em Iniciar.
5. 5. Na caixa Dados do valor, digite 4, clique em Hexadecimal (se não estiver selecionado) e clique em OK.
6. 6. Saia do Editor do Registro.
Para reativar uma porta desativada, siga os passos abaixo:
1. 1. Clique em Iniciar, e em seguida, clique em Executar.
2. 2. Na caixa Abrir, escreva regedit e clique em OK.
3. 3. Localize e clique na seguinte chave do registro:
HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\Services\USBSTOR
4. 4. No painel da direita, dê um duplo clique em Iniciar.
5. 5. Na caixa Valor dados, tipo 3, clique em Hexadecimal (se não estiver selecionado) e clique em OK.
6. 6. Saia do Editor do Registro.
Fonte: Correio Tec

Jovens inglesas ganham iPhones para usar em salas de aula


A ideia é fazer com que essa ferramenta aumente o interesse das alunas para estudar álgebra, história e até memorizar a tabela periódica
Os alunos felizes com sua ferramenta escolar
Por favor, desliguem seus celulares. O aviso está em cinemas, teatro e é repetido, muitas vezes, em salas de aula. Mas, não em uma escola da Inglaterra. As estudantes de Gumley House Convent, em Londres, ganharam a versão mais nova do iPhone, o 3GS, com um crédito de 16 euros (o equivalente a R$ 42) para comprar aplicativos. A ideia é fazer com essa ferramenta aumente o interesse das alunas para a estudar álgebra, história e até memorizar a tabela periódica.
“Estamos projetando a sala do futuro. Acredito que não haverá computadores como conhecemos. Com esses aparelhos, conseguimos fazer com que nossas alunas fiquem conectadas o tempo todo e mais entusiasmadas com os estudos”, disse Stephen Byrne, diretor assistente da escola ao jornal britânico Daily Mail.
A experiência será acompanhada pelo professor Michael Gibson, da Universidade de Kingston, que pretende estudar como a tecnologia pode estimular a aprendizagem em sala de aula.
Segundo Byrne, há um incentivo para que as alunas baixem aplicativos e compartilhem a experiência entre si. Quem aumentar suas notas e apresentar outros benefícios em relação os estudos com a ajuda de programas baixados no celular, ganhará uma quantia em dinheiro para gastar no iTunes. Mas, o diretor avisa: “em sala de aula, não pode acessar Facebook e o volume do aparelho deve ser desligado.”
As alunas também não devem se animar muito. A escola informa que as contas telefônicas serão de responsabilidade das jovens. Por isso, nada de muita conversa ao celular.
Fonte: http://epocanegocios.globo.com/Revista/

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Brasil usa menos o Twitter, mas ainda é líder


A consultoria Nielsen divulgou nesta quinta-feira que o Brasil caiu na liderança de países que passam mais tempo mensal no Twitter.
Segundo o site IDG Now!, no mês de outubro os brasileiros passaram uma média de 57 minutos conectados ao serviço de microblog, enquanto usuários do Reino Unido gastaram 38 minutos e usuários dos Estados Unidos, 32 minutos.
Já no mês de setembro, os usuários do Brasil contabilizaram 53 minutos, contra 26 minutos dos norte-americanos e 24 minutos dos britânicos.
Desde que o Ibope Nielsen Online começou a fazer a medição de acesso a partir de computadores corporativos, além dos domésticos, o Brasil ocupa a liderança mensal de uso do Twitter.
O ápice de popularidade do Twitter no Brasil aconteceu em agosto, de acordo com a consultoria, quando 9,9 milhões de brasileiros se autenticaram no serviço.

Fotógrafo Criativo